sexta-feira, 28 de outubro de 2011

e é assim que passam 3 anos...

Faz hoje 3 anos que me tornei naquela que hoje é comummente denominada por família monoparental. Faz hoje 3 anos e podia estar para aqui a queixar-me da vida... que na realidade passou-me uma valente rasteira (ou não). Mas não tenho vontade de o fazer, tenho sim, vontade de celebrar cada dia que passa como único e como mais uma oportunidade que tenho de viver e ser feliz. A VIDA dá-nos tantas mas tantas oportunidades que nem sempre estão nos caminhos que pensávamos ser o escolhido...

Fiquei sozinha (com uma família fantástica sempre lá) com um filho de 6 meses. É verdade, não foi fácil, não é fácil. Mas chegada aos dias de hoje, já não sei que vida prefiro. Aprendi tanto, descobri tanto em mim e nos outros. Confesso. O meu casamento que outrora via perfeito, à luz de alguma racionalidade e distância, deixou de o ser. Não discutíamos, é um facto, tínhamos uma vida estável com gostos comuns, mas na verdade faltava o "resto", o mais importante, o AMOR. De alguma forma, como tantas vezes acontece, no caminho das nossas vidas algo se perdeu, o nosso amor morreu e nem eu nem o meu ex-marido conseguiríamos viver uma vida fingida. Se outrora me revoltei, hoje agradeço-lhe a sinceridade pois tenho a certeza que dadas as circunstâncias seria (seriamos) uma pessoa (pessoas) muito infeliz se tivéssemos continuado juntos. 

Hoje somos pais de um filho que AMAMOS acima de tudo. Eu de um lado, é certo. Ele do outro, mas o AMOR que temos pelo nosso filho, mesmo separado, é o nosso investimento comum e isso faz dele uma criança EXTREMAMENTE FELIZ. 

Na realidade sinto que tive uma vida que morreu, mas que me deram ou dei a mim própria, a oportunidade de renascer para outra, que é Melhor. Onde a cada dia que passa gosto mais de mim, em que gosto mais dos Outros. Agora, mais que nunca, tenho consciência de que a vida deve ser vivida no presente, porque na realidade o futuro é mesmo muito imprevisível e aquilo que hoje é amanhã pode já não ser... e que a verdadeira beleza está mesmo nas coisas mais simples da vida, nas gargalhas do meu filho, na correria e alegria com que me abraça e diz "mããeeeee", nas gargalhadas que dou com as minhas amigas e amigos, na confusão das conversas nas refeições de família, nos comentários de apoio que muitas das que me vão seguindo deixam aqui, na atenção que dou às pessoas tantas vezes solitárias no meio de uma multidão, nos sítios novos que vou conhecendo, e em tantas outras experiências que esta minha "nova" vida me tem proporcionado. 

Por isso, passados 3 anos, sou sincera, não posso, nem me quero queixar de tudo o que esta NOVA VIDA me ofereceu e tem oferecido em troca da OUTRA. Luto todos os dias para ser Feliz e com a minha Felicidade fazer, primeiro, o meu filho, depois os outros, Felizes. Acho que na maioria dos dias até consigo. 


26 comentários:

  1. Muitos parabéns ao Pipoca e aos papas babados!!!

    Que seja um dia cheio de coisas boas!!!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. És uma pessoa especial. Est post reflete uma atitude perante a vida, a maternidade e o amor absolutamente fantástica.
    Gosto muito do que leio por aqui e gosto de acreditar que, se me acontecer no percurso algo parecido, também serei/seremos capazes de colocar o amor pelos nosso filhos e pela nova vida a contruir acima de tudo o resto
    Beijinhos e parabéns por seres assim :)

    ResponderEliminar
  3. mãeee estás a ver? É disto que também falo. Fui e vou buscar muitas vezes força às vossas palavras. Um grande, grande obrigada! e gosto de acreditar que há "familias/laços/amor" indestrutíveis, assim como a tua ♥ beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Mamã do Principe Pipoca, há uns tempos atrás deixei aqui um post a relatar que me estava a suceder exactamente o mesmo (fiquei sozinha com um bebe de 5 meses). Volvidos apenas 3 meses e já começo a ver o lado positivo desta nova vida! As suas palavras, na altura, foram muito importantes! Obrigada! Tem razão, devemos sempre aproveitar as novas oportunidades que a vida nos dá. O meu pequenino também é um bebe muito bem disposto e feliz, temos conseguido colocar tudo de lado, e pensar sempre nele em 1.º lugar! beijinhos e continuação de tudo de bom! Joana

    ResponderEliminar
  5. Obrigada Cristina! Beijinhos e um excelente bom fim-de-semana para ti também!

    ResponderEliminar
  6. Joana lembro-me perfeitamente e não imagina como as suas palavras me deixam FELIZ!!!A sério, muito Feliz!!! É muito melhor assim, não é? Obrigada pelas palavras e o que lhe desejo, é o que desejo para mim, que consigamos sempre manter os nossos filhos felizes assim! beijocas grandes

    ResponderEliminar
  7. O que te dizer? Admiro muito a tua atitude, porque acredito que seja para lá de complicado aceitar que o amor terminou e assumir ficar sozinha com um filho de 6 meses. Tu és especial! Beijos nossos e bom fds.

    ResponderEliminar
  8. Obrigada Patrícia, acho que é a "VONTADE" uma vontade enorme de viver, ser feliz e ver o meu filho feliz!e acreditar que o que há-de vir será sempre melhor! Porque se quisermos ir um bocadinho mais longe...o Universo encarrega-se sempre de nos colocar naquele que é o caminho certo das nossas vidas e temos que ir aprendendo até lá! Beijinhos grandes, grandes!

    ResponderEliminar
  9. Mais uma vez acho que és uma grande Mulher!!!
    Foste capaz de dar a volta por cima apesar de todas as dificuldades e de todas as dores sentidas.
    Foste és e serás sempre capaz de o fazer, de ser feliz de estares bem contigo mesma.
    Beijo enorme e vai celebrar a tua vida!!!!

    ResponderEliminar
  10. Sabes Rute, penso em ti muitas vezes, como exemplo a seguir quando as forças me abandonam. Não tenho a tua força e coragem, e admiro-te muito, és uma mãe fantástica e uma mulher magnifica. és muito especial e quem me dera ter um quarto da tua paz de espirito, parabéns por seres quem és e obrigada por partilhares connosco
    Claudia
    http://omilagrerafael.blogspot.pt

    PS: quando comento o teu blog só consigo enviar como anónimo... desculpa

    ResponderEliminar
  11. Tu és muito especial e uma mulher com um M bem grande!

    beijinhos & miminhos bem apertadinhos :)

    ResponderEliminar
  12. Não consigo imaginar por tudo o que passaste, mas entendo perfeitamente, pois sou filha de pais divorciados. O Pipoca tem tudo para ser feliz, pois enquanto vocês pensarem nele acima de tudo e colocarem tudo o resto de lado, não haverá problema.
    Tens sido muito forte, desejo que continues a tua vida sempre assim, com esse espírito essa determinação.

    Bjs

    ResponderEliminar
  13. Obrigada a todas pelas vossas importantíssimas palavras. Vocês são mesmo muito IMPORTANTES para mim!
    Claudia, tu és tão forte como eu, mas ainda não sabes, um dia descobres isso em ti! Está em ti! também não sei porque só consegues comentar como anónimo... acho que não acontece com mais ninguém.. beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  14. Continuo a achar que és uma grande mulher, já te tinha dito!
    Continua assim.
    Um GRANDE beijinho

    ResponderEliminar
  15. Oh pá. De tempos a tempos passo por aqui e impressiono-me. Tu és grande, mulher! Mesmo não te conhecendo, tens aqui uma fã que admira toda a tua atitude positiva e toda a gestão que fazes (juntamente com o pai do teu filho) de uma vida que é diferente da que tinhas sonhado, mas que nem por isso é pior ou menos feliz. Parabéns!

    ResponderEliminar
  16. Carla, e Ni obrigada! Todas nós de uma forma ou de outra somos GRANDES MULHERES!Uma beijoca enorme para vocês!! do fundo do coração!

    ResponderEliminar
  17. Tu és enorme!
    Sabes uma amiga a pouco perguntou-me se eu me imaginava sem o Tiago algum dia...e eu disse que sim, que achava que me virava (no sentido da felicidade) e tenho a certeza que é por te ler :)

    ResponderEliminar
  18. Aiii... Tânia, obrigada MESMO, é como digo, vocês são também parte da minha força e foram e são responsáveis pela minha "recuperação"... e embora acredite que uma mulher com tu teria sempre a capacidade de ser FELIZ sem o Tiago, ACREDITO que nunca terás de o ser... Beijinhos muito, muito grandes!

    ResponderEliminar
  19. É verdade querida...mas o facto de saber que é possivel deixa-me mais feliz :)

    ResponderEliminar
  20. Que lindo... às vezes quando as coisas não estão bem, mais vale encararmos a realidade e fazermos com que tudo melhore...

    ResponderEliminar
  21. Ola... adorei o que escreveste e espero que continues a ser a essa pessoa forte e positiva. Desejo te tudo de bom do fundo do coração :)
    Um beijinho para ti e para o pipoquinha.

    ResponderEliminar
  22. Parabéns!
    Eu faço os mesmos 3 anos mas em Dezembro :) E compreendo tudo o que dizes!
    Beijo grande

    ResponderEliminar
  23. Ainda bem para "NÓS" que sim!!! Beijinhos grandes, grandes!

    ResponderEliminar