segunda-feira, 21 de junho de 2010

e heis que chega o verão!!!

Este fim-de-semana foi o do coração apertado, dois dias sem pipoca aos quais tenho me vindo aos poucos a habituar (não tenho outro remédio).

Nestes dias aproveito para reorganizar a "minha" casa que é cada vez mais a "minha casa" e menos a "nossa" casa... e quanto mais reorganizo o meu cantinho, mais reorganizo a minha alma. A pouco e pouco cada objecto vai ganhando um novo lugar, que é o seu lugar, assim como também a pouco e pouco aproveito, e arrumo a desarrumação da minha vida, cada vez mais arrumada. Reencontro-me em tantos gostos esquecidos, sabe-me bem ficar no silêncio, ler um livro, cozinhar, ver as minhas séries favoritas...

Era difícil acreditar nas palavras amigas que me diziam que o tempo curava tudo, parecia uma frase tão vulgar para solucionar um problema tão grande, mas é verdade o tempo cura e a fantástica capacidade que o nosso cérebro tem de apagar o que mais nos magoa na vida também.

E depois... depois há aquele ser maravilhoso que não para de me encher o coração cada vez que sorri, diz mamã, ou me abraça com carinho... tenho crescido tanto com ele, OBRIGADA filhote
E finalmente chegou o Verão!!!

9 comentários:

  1. ola miga, quero desejar te força e coragem es uma lutadora e uma super mae, beijinhos ha e viva o verao parece chegou em força...

    ResponderEliminar
  2. Assim é que se fala!!!
    És forte, és grande, és MULHER!!!

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  3. Assim é que se fala :)
    Beijo grande e muita muita força!!!!
    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Força! És uma grande mulher!!

    beijinhos!

    ResponderEliminar
  5. Mais nada!!
    Além de gostar de ler as aventuras e o desenvolvimento do Pedro Afonso são estas coisas que também gosto de ler no teu blog!Ânimo e boa disposição porque a vida são dois dias e para quê gastá-los em coisas que não valem a pena!?
    Beijo grande,
    Aline e Afonso

    ResponderEliminar
  6. Uma joca muito grande para ti e para o Afonso, Aline!

    ResponderEliminar
  7. Pensa que não estás sós...infelizmente e estou quase a acreditar que se trata de uma "virose".
    Somos muitas as que andam a arrumar, a reorganizar e a aprender a ser NOVAMENTE FELIZES...OU MAIS FELIZES, quem sabe?!!!

    ResponderEliminar