quarta-feira, 21 de julho de 2010

Filhos

Uma vez partilhei com uma amiga que um dos meus maiores receios é que um dia o Pipoca prefira ir viver (definitivamente) com o pai. Ela enviou-me este poema para me sossegar. Mas confesso que concordo pouco, mesmo muito pouco com ele. O que acham ?

Os Filhos
Gibran Kahlil Gibran

"Vossos filhos não são vossos filhos,
são os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesma.
Vêm através de vós, mas não de vós.
E embora vivam convosco, não vos pertencem.
Podeis outorgar-lhes vosso amor,
mas não vossos pensamentos.
Porque eles têm seus próprios pensamentos.
Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas;
Pois suas almas moram na mansão do amanhã,
que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho.
Podeis esforçar-vos por ser como eles,
mas não podem fazê-los como vós,
Porque a vida não anda para trás
e não se demora com os dias passados.
Vós sois os arcos dos quais vossos filhos
são arremessados como flechas vivas.
O Arqueiro mira o alvo na senda do infinito
e vos estica com toda a sua força
para que suas flechas se projetem rápido e para longe.
Que vosso encurvamento na mão do Arqueiro seja vossa alegria;
Pois assim como Ele ama a flecha que voa,
ama também o arco que permanece estável."
(Gibran Kahlil Gibran - O Profeta)

e pela primeira vez vou estar duas noites seguidas sem o meu filhote... tenho uma semana para me mentalizar mas sempre que penso nisso doí um bocadinho.

10 comentários:

  1. Esta a doer-me a mim e n estou na msm situação...

    Acho que me dava um AVC se um dia isso me acontecesse...talvez n fosse isto que te devia dizer e devia era dar-te palavras de apoio, mas é uma realidade a que qq uma de nos esta sujeita e doi, doi demais...

    Força

    ResponderEliminar
  2. Tânia, as tuas palavras são sinceras e só por isso servem de apoio. Obrigada, deixa lá nós nunca sabemos bem o que dizer sobre estas situações...é dificl de acreditar que podem acontecer.
    Beijinhos Grandes

    ResponderEliminar
  3. Realmente pode acontecer mas tenta não sofrer por antecipação. Sê sempre a mãe que tens sido, Fantástica, e se algum dia acontecer pelo menos que seja por razões positivas (como o simplesmente querer experimentar) e nada mais que isso. Sinceramente acho que não vai acontecer. Pensamento positivo!!!! :*
    Quanto ao poema, estou como tu, tb não concordo muito. Claro que eles não são nossos, são do mundo, mas lá no cantinho dos sentimentos mais intímos, no cantinho dos tesouros que é o nosso coração, acredito que eles se sentem nossos, nem que seja inconscientemente nós somos os alicerces deles, somos o seu porto seguro (pelo menos deveremos sê-lo), e sem dúvida que carregam uma parte de nós vão eles para onde forem.
    Beijinho grande e força no fim de semana, tenta agarrar-te à ideia de que um pai faz falta e é bom para ele conviver com o pai

    ResponderEliminar
  4. Olha eu nem sei o que te dizer apenas que sejas forte. Mas a verdade nua e crua é mesmo essa ... os filhos nao são apenas NOSSOS. São dos pais, dos irmaos, dos avós e acima de tudo do mundo tambem. O melhor que podemos fazer é cuidar deles com amor, ensina-los da melhor forma, dar-lhe os bons conselhos e depois espaço pois a vida a seguir encarrega-se deles. Temos que aprender a saber partilhar o amor dos nossos filhos com os outros para que eles( os nossos filhos) possam se tornar em individuos saudaveis que conseguem e sabem se relacionar com os outros. Eu sei que falar é muito facil e que por vezes essa realidade doi e muito e que nós mães nunca estamos preparadas para deixar que os NOSSOS BÉBÉS deixem de ser apenas nossos.
    Acredito que vais conseguir aguentar linda pois ja demonstraste ser uma pessoa forte e bem estruturada, vais conseguir nem que seja so pelo facto de pensares no bem estar do teu filho.
    1 Abraço de solidariedade
    BJS

    ResponderEliminar
  5. Nao sei...nao sei mesmo o que te dizer...
    Quanto ao poema, por muito que possa ser uma realidade etc...nao deve ter sido escrito por uma mae...no meu coraçao a minha filha pertence-me, e eu...pertenço a ela a 1000%...dependem de nos, e nos...nos??? Nos dependemos muto mais deles que eles de nos...
    Quanto ao fim de semana, sei que ja estas a sofrer, e que nao vai ser facil...è que nem sei mesmo o que dizer...desculpa...
    Beijinhos grandes!!

    ResponderEliminar
  6. Nem sequer consigo imaginar o aperto com que ficas miga.
    Mas não sofras por antecipação é pior, não percas tempo a pensar e se... Tenta viver ao máximo todos os momentos que estás com o teu filhote na certeza que ele sabe que tu a amas incondicionalmente e que tu serás sempre o seu porto de abrigo esteja ele onde estiver.
    Beijo muito grande e um abraça apertadinho...

    ResponderEliminar
  7. Obrigada todas, mesmo do fundinho do meu coração. Mesmo a acharem que não sabem o que dizer, disseram MUITO!!!
    Beijos Grandes

    ResponderEliminar
  8. Não gosto nada de ler estes posts! :(
    Imagino a tristeza que sentes ao veres-te sem o teu "pilar"!
    Força muita força Rute!
    Beijo grande,
    Aline e Afonso

    ResponderEliminar
  9. Não consigo imaginar a tua dor mas começo a ver também eu a possibilidade de passar por isso.
    Infelizmente as coisas cá em casa não estão bem e só de pensar na hipotese de ficar (nem que seja 1 dia ou 2) sem a minha princesa mata-me do coração.
    Conselhos??

    ResponderEliminar