quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Aquecer as mãos e o coração

Ontem acendi pela primeira vez a lareira. Este gesto, aparentemente simples, acabou por adquirir um significado diferente para mim, uma vez que fazia parte do ritual de uma família que deixou de existir. Não acendi a lareira todo o Inverno passado, ontem voltei a acendê-la e com ela um pouco mais o meu coração.

P.S. E não sei se foi da lareira mas estou cheia de dores de garganta :(

8 comentários:

  1. As vezes deve custar voltar a fazer uma rotina que era "vossa", mas dps ate sabe bem n é?

    As melhoras para a garganta

    ResponderEliminar
  2. Sabe bem voltar a fazer as coisas e não nos sentirmos tristes por isso... São as minhas pequenas vitórias. Obrigada Tânia. Beijo grande!

    ResponderEliminar
  3. Não são pequenas mas sim grandes vitórias.
    Agora é um começar de novo!
    Beijinhos grandes e as melhoras.

    ResponderEliminar
  4. Com o tempo passa a ser uma rotina so tua e do teu pipoquinha lindo...
    E sempre que a acenderes, ira aquecer o teu coraçao cada dia mais e mais...
    BEIJOS GRANDES...

    a dor de garganta è que nao veio nada a calhar, nao è??
    As melhoras

    ResponderEliminar
  5. Obrigada Mami e Kris. A dor de garganta ainda cá anda, já não me sentia doente há muito tempo! Espero melhorar rápido!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Não dev ser fácil voltar a fazer algo que nos recorda alguma coisa que nos magoa!!!
    Agora uma graçola, nada melhor para quebtar o gelo que uma bela lareira!!!
    Adoro!!!

    ResponderEliminar
  7. Acredito que tenha custado, mas é ao ultrapassar os pequenos obstáculos, que a dimensão da nossa vida, volta. Força e as melhoras. Bjcas

    ResponderEliminar