sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Felizmente, um dia igual aos outros

Dia 7 de Janeiro. Faz hoje um ano que me divorciei. Este, foi um dos dias mais tristes dos meus 34 anos de existência. Não desejo a ninguém o que senti naqueles minutos que revolucionaram totalmente a minha vida. Uma "Conferência de Divorcio" é como uma casamento mas ao contrário, perguntam se nos queremos realmente divorciar, tal como nos perguntam se é da nossa livre vontade casar. O meu divórcio foi pacifico, porque eu também o sou ( e porque coloquei sempre o meu filho acima dos meus sentimos), assim como também prezo a verdade e a verdade é que não me queria divorciar. Então respondi que não podia obrigar alguém que não queria estar casado comigo a continuar casado comigo, e assim foi, a outra parte disse que não queria, e acabou-se. Foi-se a família que sonhei, foi-se o conceito de felicidade que idealizei. É um enorme sentimento de frustração, de falhanço e que nada podemos fazer porque não está só nas nossas mãos. Podemos dizer, é assim, é a vida, levantar a cabeça e seguir em frente aproveitando o melhor, mas isto não se faz em dois dias, é um processo, é uma aprendizagem e demora a chegarmos lá.

Hoje não me sinto triste, aliás pouco ou nada sinto. Talvez orgulhosa e porquê? Porque aprendi e aceitei que há muitos acontecimentos que não podemos controlar e que um deles é a vontade dos outros, mas aprendi também que o tempo, e a vontade curam mesmo tudo e que o hoje pode parecer terrível mas o amanhã já não é.

O que é engraçado é que me sinto realmente feliz, afinal tenho o melhor do meu Mundo, o meu filho. E o mais importante de tudo é que continuo a acreditar no AMOR, venha ele.

23 comentários:

  1. És uma grande senhora!!! Isso és, e acreditares que um dia ainda vais amar e ser amada de novo ao fim apenas um ano de uma fase dicifil para ti é de louvar :D:D:D

    ResponderEliminar
  2. Tânia qual é alternativa? Viver triste, infeliz e rancorosa? Os dias não são todos fáceis mas não podemos desperdiçar a vida com quem não merece.Por isso o que me resta? lutar todos os dias para ser feliz.

    ResponderEliminar
  3. Eu tb penso assim, mas á pessoas que lutam pelo que n vale a pena...tu lutas por ti e pelo teu filho e isso basta ;)

    ResponderEliminar
  4. São estas palavras escritas por ti que gosto de ler!! Assim é que é! Cabeça erguida e siga a vida!
    Beijo grande,
    Aline e Afonso

    ResponderEliminar
  5. Obrigada Aline, sabes que em parte és também responsável por estas palavras, foste tu e a Tânia (mamã do Duarte) que me desafiaram para fazer um blogue e tem sido uma excelente terapia, ao contrário do que inicialmente achei. Beijocas grandes

    ResponderEliminar
  6. Assim é que se fala!!! Gosto de ver que não ficaste uma mulher amarga com a vida por causa de um acidente de percurso.
    A vida continua, é linda e vale bem a pena viver, e como dizes tens o teu grande amor contigo :)
    E o que tiver de ser será, o que importa é que sejas sempre feliz, muito feliz.
    Beijo enorme

    ResponderEliminar
  7. Força, o pior já lá vai e a vida traz-nos tantas surpresas boas! Eu acredito que agora que fechaste esse capítulo, muitos outros melhores se seguirão!
    http://amarycanlife.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  8. Eu costumo dizer que tudo que nos acontece de negativo também tem o seu lado positivo, mesmo que seja algo minímo mas está lá, o importante é focarmo-nos nessa parte!
    Tu tens um lado positivo tãããão grande e maravilhoso, esse pipoquinha!
    Eu acredito que vais ser muito feliz, a sério, porque tens tudo que á necessário para que tal aconteça. O Amor Acontece! ;)))
    Beijocas grandes e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  9. És uma lutadora, uma grande vencedora deves ter muito orgulho em ti própria. Além de tudo és muito bonita e acreditas que vais voltar a amar. E mereces, por isso terás tudo o que desejas. Pode demorar, mas vai acontecer. É um previlégio "conhecer-te". Parabéns pela força e pela integridade que mostras ter. És um exemplo para todas e mais ainda para o teu pipoquinha.
    Muitos beijinhos nossos

    ResponderEliminar
  10. Como vês, deste a volta por cima. Melhores dias virão e com eles, o amor. És nova, tens uma vida pela frente e um filho maravilhosos contigo.
    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  11. Bom... é a primeira vez que aqui estou e já estou a seguir o blog.
    Pois é, a vida é mesmo assim...
    O tempo, já cheguei a considerá-lo de melhor amigo... é ele que me cura as máculas... sem pressas, mas cura-as.

    Beijinho*.*

    ResponderEliminar
  12. Força, segue a vida!
    Tens um menino lindo que será mais feliz ainda se também vir a mão feliz!
    Nunca deixes de acreditar no amor!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Assim é que se fala..

    Não sei o que passaste, nem quero imaginar, mas acredito que te tornou uma pessoa mais forte, mais feliz!! Certo?


    Para a frente é que é caminho!!

    ResponderEliminar
  14. Minha linda, eu tambem fui divorciada...casei com 20 nos, casamento que durou 3...nao nos divorciamos logo, pois eu queria (visto que fui traida da pior maneira possivel) mas ele nao me consedia o divorcio.
    Sofri muito quando me separei (tinha 23 anos), mas hoje...
    Quando olho para tras, e vejo o que tenho hoje, sinto que aquela traiçao foi uma bençao...e acredita, ha mesmo males que veem por bem!!!

    Hoje tenho o Miguel na minha vida, è um ser maravilhoso, e deu-me a filha linda que tenho hoje...

    O teu dia vai chegar, e vais conhecer alguem que te ame de verdade, e que te mostre verdadeiramente como è ser amada!!!!!!!!

    Desejo-te tudo de bom, e espero que para o ano, nem sequer te lembres da data do casamento nem do divorcio, pois espero que o teu coraçao esteja tao ocupado, que nem tenhzas tempo para essas lembranças (porque ate deixam de ser recordaçoes!!!!)

    Desejo-te tudo de bom, do fundo do coraçao!!
    Beijos enormes!!!

    ResponderEliminar
  15. Não há dúvida que este blogue e VOCÊS contribuíram muito para como me sinto e encaro a vida hoje. Um grande obrigada a TODAS pela vossa partilha e apoio, têm sido mesmo muito importantes para mim.

    ResponderEliminar
  16. Fiquei emocionada ao ler essas suas palavras. Desejo do fundo do coraçao que um dia encontres alguem que te ame como tu mereces porque uma pessoa como tu merece muito ser amada de verdade!!

    ResponderEliminar
  17. Fico contente que olhes para trás sem mágoa e sem rancor...mesmo sem te dares conta tens sido um verdadeiro exemplo de coragem e força para mim.
    Espero que sejas muito feliz junto do teu pipoquinha e que encontres a verdadeira paz :))
    Beijinhos e obrigada!!

    ResponderEliminar
  18. Gracias titi.
    Pati- Ainda bem que te posso ajudar, sei o que estás a passar e espero que um dia sejas tu a atingir este estado.
    Força e beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  19. Es um a Mulher com M bem grande e muito lutadora!!
    És uma excelente mãe!!

    Parabéns por seres como és e teres a força que tens!

    beijinhos & miminhos

    ResponderEliminar